Quando criança, Sofía ficou sabendo que ela era uma Sereia. Foi isso que a avó Aída lhe contou, em meio a seus delírios. A alegria da boa notícia durou pouco, pois Aída acabou afastada da família e internada no hospício de Ilha de Salos. Dezesseis anos mais tarde, a descoberta dos diários de sua avó faz Sofía partir em busca dela. Confusa entre a fascinação e a lástima que sente por essa personagem-fantasma, Sofia chega a uma Salos impensada: uma ilha habitada e comandada por mulheres, onde a liberdade e os muros convivem; um paraíso em ruínas onde as Sereias são bem-vindas, para o bem e para o mal.

Comprar o livro

Veja resenhas e críticas do livro:

Jornal Rascunho

Correio do povo

A Escotilha

LiteraturaBr

Os Continentes de Dentro é desses livros que nos obriga a outras leituras, tantos são os detalhes de sua construção que hipnotizam, tal e qual o canto das sereias, que nos fisgam e do qual dificilmente conseguimos nos libertar.”

Edma de Góis, Rascunho

“Ao mergulhar nos reinos de Dentro da avó, Sofía sereiamente nos carrega às trevas que, lá no fundo, nos interpelam a todos. Por sua vez, Morán, assim como sua protagonista, não nos dá à luz, mas à escuridão de um mundo antigo recém-inventado”.

Berttoni Licarião, @literatoni

“Todo o universo de María Elena Morán é elevado à máxima potência. Tudo é para agora, esse instante perigoso e vasto. É impossível passar ileso a Os Continentes de Dentro.”

Jonatan Silva, Escotilha

“Leitor: estamos perante uma narrativa original, escrita por uma autora que não se atemoriza perante esse tema perturbador; para enfrentá-lo, utiliza uma prosa refinada e, ao mesmo tempo, clara, que convence desde a primeira linha”.

Luiz Antonio de Assis Brasil, escritor

Crie um site ou blog no WordPress.com